MÚSICA E TECNOLOGIA

Coordenação

Zoya Alves Maia possui mestrado em Música pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007), graduação em Música - Bacharelado pela Universidade Estácio de Sá (1997), graduação em Licenciatura Plena em Educação Artística – Habilitação em Música pelo Conservatório Brasileiro de Música (2003). Atualmente é coordenadora dos cursos de graduação do Conservatório Brasileiro de Música - Centro Universitário Brasileiro de Educação (CBM-UNICBE). Ocupa o cargo de Professor I na Prefeitura do Rio de Janeiro na Escola Municipal Campo dos Afonsos.

Justificativa

A partir da segunda metade da década de 1990, a aceleração do desenvolvimento da tecnologia de informática, a diminuição dos preços dos computadores pessoais, a expansão da tecnologia digital para os equipamentos de áudio, e a proliferação dos recursos Midi, forçaram uma mudança radical no mercado da música. Até então, este mercado era dirigido pelos interesses exclusivos das grandes gravadoras multinacionais, especialmente as norte-americanas, mas que com o barateamento dos custos dos equipamentos digitais, dos periféricos voltados à produção de música e áudio gravados, e com o surgimento da internet, começaram a perder terreno para as chamadas produções independentes. Também as redes de televisão e rádios passaram a terceirizar o trabalho de produção musical - incluindo as trilhas sonoras - e a buscar 'parcerias' e contratos com produtoras e músicos independentes, no intuito de diminuir os seus custos fixos. Estes fatos ampliam um campo de trabalho que até então era bastante restrito àqueles que podiam comprar os equipamentos de altíssimo custo (dezenas, ou centenas, de milhares de dólares), fazendo surgir um mercado que hoje é o responsável por boa parte dos CDs, DVDs, jingles, vinhetas de rádio, trilhas de filmes e TVs produzidos e lançados comercialmente. A quantidade quase ilimitada de possibilidades de atuação neste mercado, associada ao ecletismo técnico e teórico exigido, fazem com que a formação do produtor musical acabe por se tornar mais complexa e especializada, estimulando o processo de organização e sistematização deste conhecimento. Por isso, o produtor musical e o estudante de produção musical necessitam ampliar as suas vivências com outros segmentos da cadeia de produção da música (intérpretes, compositores, regentes, professores e musicólogos), além de conhecer (e reconhecer) os vários estilos e gêneros musicais, visando o aprimoramento dos recursos éticos, estéticos, culturais e técnicos do seu trabalho. É um fato reconhecido também que a experiência dos ouvintes dos séculos XX e XXI têm se dado mais através dos meios de difusão da música gravada do que da música ao vivo (a circulação dos velhos LPs, dos CDs, dos DVDs, as músicas tocadas em rádios, TVs, filmes, internet, os downloads e tocadores de mp3 e mp4, têm um alcance muito maior do que shows ou concertos ao vivo). Assim, o produtor musical, responsável por todas as etapas criativas da gravação e produção da música, se torna um artista e técnico (já que muitas vezes atua diretamente como o técnico de som do projeto) imprescindível. Em alguns casos, os produtores musicais são os responsáveis diretos pelo sucesso de uma música ou de um outro empreendimento qualquer lançado no mercado da música e do áudio. O trabalho do produtor musical vai, muitas vezes, além da produção da música gravada ou do seu arranjo: há casos em que o produtor tem que ser o editor das imagens do DVD, ou ser capaz de organizar um evento, um concerto, uma página na internet. O trabalho se tornou tão complexo que um curso livre de produção musical, ou uma extensão lato sensu de um ano, não dão conta de abordar todos os detalhes envolvidos, nem aprofundá-los de maneira eficiente. Assim, o Conservatório Brasileiro de Música-Centro Universitário criou um curso superior que visa estudar com profundidade as técnicas, teorias e questões éticas, morais, trabalhistas e filosóficas que envolvem o processo de criação e produção musical e de multimídia em estúdio de gravação.

Processo Seletivo

Nesta forma de ingresso, o candidato fará as provas estabelecidas, constantes do Edital. Para se inscrever, o candidato deverá ter concluído o Ensino Médio (ou equivalente). A inscrição pode ser feita pela internet (www.cbmmusica.edu.br) ou na sede do CBM-UniCBE. A comprovação de conclusão do ensino médio deverá, obrigatoriamente, ser apresentada no ato da matrícula, juntamente com o Contrato de Prestação de Serviços Educacionais, devidamente assinado.

Transferências

Passagem do vínculo do estudante regular de uma Instituição de Ensino para o CBM-UniCBE, com a finalidade de prosseguimento de estudos no mesmo curso de origem. O interessado deverá acessar o site do CBM-UniCBE (www.cbmmusica.edu.br), em Downloads, Edital, Transferência Externa, e verificar a solicitação da documentação necessária para deferimento da transferência. Aguardar o deferimento, pelo Coordenador do Curso, que ocorrerá após estudo curricular, obedecendo-se ao controle de vagas por curso. No ato da matrícula, o candidato deverá assinar o Contrato de Prestação de Serviços Educacionais.

Obs.: O processo de transferência entre IES está sujeito à análise da documentação apresentada, nos termos da legislação e das normas vigentes.

Transferência para outras instituições de Ensino Superior

Passagem do vínculo do estudante regular do CBM-UniCBE para outra Instituição de Ensino Superior, com a finalidade de prosseguimento de estudos no mesmo curso de origem. O aluno deverá preencher requerimento na secretaria do CBM-UniCBE, solicitando o histórico e conteúdo programático das disciplinas cursadas.

Ao solicitar a documentação necessária, o aluno deverá trancar sua matrícula automaticamente, para não caracterizar abandono de curso. A solicitação de Transferência Externa para outra IES não exime o aluno da responsabilidade pelo pagamento das mensalidades vencidas até o dia da solicitação.

Transferência Interna

Passagem do vínculo do estudante regularmente matriculado de um curso para outro dentro do CBM-UniCBE, respeitando o prazo de integralização curricular. O aluno deverá preencher requerimento na secretaria do CBM-UniCBE, solicitando a transferência e análise curricular, sujeita a aprovação da coordenação, podendo ou não o aluno ser submetido a provas de adequação ao novo curso pleiteado.

O Ensino Médio Completo é pré-requisito para o ingresso no curso

Duração

4 anos

Investimentos

Consulte os preços na Central de Matrículas pelo telefone (21) 3478-7600.

Local da Oferta

Avenida Graça Aranha, nº. 57, 12º andar, Castelo, Rio de Janeiro, RJ.

Referência: Metrô - Estação Cinelândia, Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Biblioteca Nacional, FUNART, Ministério do Trabalho e Vale.

Turnos

Manhã e Noite

Documentação

Cópias de:

  • Carteira de Identidade;
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • Certidão de Registro Civil (nascimento, casamento, separação judicial ou divórcio);
  • Diploma de curso superior de graduação (ou de curso equivalente);
  • Histórico Acadêmico de curso superior de graduação;
  • Título de Eleitor;
  • Comprovação de Situação Militar (se for o caso);
  • Comprovante de Residência;
  • 1 foto 3x4 (recente);

Observação: O(a) candidato(a) deverá apresentar a documentação, obrigatoriamente, no ato da matrícula.

Considerações Finais

  1. Vagas limitadas.
  2. A realização do curso está sujeita à quantidade mínima de matrículas.